Visando discutir mais empresas para o estado e mais empregos para o Sul Fluminense, o deputado estadual Christino Áureo se reuniu na manhã desta quinta-feira, dia 19, com o diretor institucional da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Luiz Paulo Barreto, e com o secretário estadual da Casa Civil, Sérgio Pimentel. O encontro aconteceu no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro.

Desde que Christino era secretário de Desenvolvimento Econômico a atração de empresas do setor de metalurgia para a região Sul Fluminense está sendo tratada. E agora uma novidade foi informada. Uma subsidiária da CSN, que já está instalada em Resende, tem a possibilidade de gerar 600 empregos. E outras cinco empresas virão para a região, podendo gerar mais de três mil empregos.

O diretor da CSN informou que pelo menos cinco empresas, fornecedoras de uma das maiores empresas de siderurgia do país, querem transferir as suas operações do Estado de São Paulo para o Rio de Janeiro. “Apenas uma subsidiária da nossa holding, a Prada embalagens, irá gerar 600 empregos diretos. Nossa estimativa é de que as cinco empresas juntas possam gerar mais de três mil empregos na região”, avaliou Barreto, informando que a Prada já está instalada em Resende.

Christino Áureo lembrou que o assunto começou a ser tratado entre o governador Luiz Fernando Pezão (MDB) e o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch há cerca de um ano. Ele lembrou que para a atração de empresas o estado deve oferecer algumas contrapartidas.  “Estamos estudando formas de atender o pleito das empresas, e o caminho já está traçado. O importante para nosso estado é a geração de empregos e movimentação da economia.

Nesse momento temos que fazer tudo que for necessário para atrair novos investimentos que gerem aumento de arrecadação e novas oportunidades de trabalho. Focamos muito nesta ação enquanto estávamos à frente da pasta do Desenvolvimento Econômico, e vamos continuar a trabalhar nessa frente aqui da Alerj. Diversos setores já demonstram recuperação, como o automotivo e de moda, por exemplo”, avaliou o deputado que retornou à Alerj no início deste mês.

Informações de fontes ligadas ao jornal A VOZ DA CIDADE dão que duas dessas cinco empresas poderiam ir para Volta Redonda.  Barra Mansa também será contemplada.

Fonte: https://avozdacidade.com/regiao-pode-ter-mais-de-tres-mil-empregos-com-vinda-de-empresas/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui