Nissan chega a 200 mil motores produzidos no Complexo Industrial de Resende

A Nissan comemorou nesta semana a marca de 200 mil motores fabricados em sua planta de Resende, no Rio de Janeiro. Tal volume foi alcançado após quatro anos do início das operações no complexo industrial fluminense. A unidade histórica foi um 1.6 16V flex, que atualmente equipa os compactos March, Versa e Kicks, que inclusive são fabricados na mesma unidade fabril.

O propulsor usado no Nissan March e no Nissan Versa é dotado de tecnologias como duplo comando de válvulas no cabeçote com variação de abertura e fechamento, bloco, cárter e cabeçote em alumínio e sistema de partida a frio com etanol sem o uso do “tanquinho” auxiliar. Ele consegue desenvolver 111 cavalos de potência, a 5.600 rpm, e 15,1 kgfm de torque, disponível a 4.000 rpm, seja com gasolina ou com etanol. Junto a esta unidade está um câmbio manual de cinco marchas ou automático Xtronic CVT (continuamente variável).

Já no caso do Nissan Kicks, há as mesmas tecnologias, mas com reajustes para desenvolver 114 cavalos de potência, disponíveis a 5.600 rpm, e 15,5 kgfm de torque, a 4.000 rpm, também com transmissão manual de cinco velocidades ou automática Xtronic CVT.

O complexo industrial é responsável ainda pela produção do 1.0 12V flex de três cilindros, que também oferece comando de válvulas no cabeçote com variação de abertura e fechamento, bloco, cárter e cabeçote em alumínio e partida a frio sem tanquinho. São 77 cv, a 6.200 rpm, e 10 kgfm, a 4.000 rpm. Ele usa somente o câmbio manual de cinco relações.

“Cada nova marca alcançada reforça ainda mais a posição estratégica do Complexo Industrial de Resende para as pretensões da Nissan no Brasil e na América Latina. Chegar à produção de 200 mil motores é significativo, pois atesta a capacidade de nossa fábrica de atender à crescente demanda do Brasil e de toda a região latino-americana”, afirmou Hitoshi Mano, vice-presidente de Manufatura da Nissan América Latina.

Fonte: https://www.noticiasautomotivas.com.br/nissan-comemora-200-mil-motores-fabricados-no-rio-de-janeiro/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui