El Complejo Industrial de Nissan en Resende - Brasil - entra en la fase final de las contrataciones para el segundo turno

Contratação de 600 funcionários faz parte do investimento de R$ 750 milhões para a produção nacional do Nissan Kicks

RESENDE, Rio de Janeiro – O Complexo Industrial da Nissan em Resende entrou na reta final para a contratação de 600 novos funcionários. Os postos de trabalho fazem parte do plano da empresa de iniciar em breve o segundo turno na unidade do Sul Fluminense. Os profissionais serão alocados na produção do Nissan Kicks, crossover global lançado no Brasil no ano passado e que, desde abril deste ano, passou a ser fabricado em Resende, junto com o March e o Versa.

A abertura do segundo turno tem o objetivo de absorver a demanda pelo Nissan Kicks, sucesso absoluto desde seu lançamento. As contratações, que fazem parte de um plano de investimentos de R$ 750 milhões, estão sendo feitas de forma gradativa, para que toda a equipe possa ser treinada e desenvolvida nos padrões globais de qualidade da Nissan. Por isso, além de todos os recursos tecnológicos do Complexo Industrial, a capacitação dos funcionários é uma das prioridades da companhia.

A estratégia da empresa é expandir a comercialização dos modelos fabricados em Resende e exportados para outros países da América Latina. Até o momento, Argentina, Chile, Bolívia, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai já recebem os modelos Nissan March e Nissan Versa. Agora, com o início da produção local do Nissan Kicks, a perspectiva é iniciar também a exportação do crossover compacto ainda neste ano fiscal da empresa.

Após o encerramento das contratações, o Complexo Industrial da Nissan passará a contar com 2.400 funcionários. Inaugurada há três anos, com investimentos totais de R$ 2,6 bilhões, a fábrica já produz, além do Kicks, os motores 1.0 12V de 3 cilindros e o 1.6 16V de 4 cilindros, além dos compactos March e Versa.

Nissan Kicks
Agora fabricado no Brasil, o Nissan Kicks foi criado para os clientes que levam uma vida agitada nas grandes cidades e precisam enfrentar os desafios da “selva urbana”. O modelo é um dos primeiros a integrar o conceito de “Mobilidade Inteligente” da Nissan, resultado de avançados processos de engenharia e manufatura e inclusão de itens tecnológicos que proporcionam o equilíbrio perfeito entre desempenho e economia de combustível.

O Nissan Kicks traduz este conceito em uma série de atributos, como um motor moderno, o câmbio Xtronic CVT de última geração, peso menor em comparação com seus concorrentes, além de design aerodinâmico que aumenta a eficiência.

Além disso, o Nissan Kicks é equipado com tecnologias de segurança realmente úteis, como a câmera de visão 360°, o Detector de Objetos em Movimento, Controle Dinâmico do Chassi, Controle Dinâmico em Curvas, Estabilizador Ativo de Carroceria e Controle Dinâmico de Freio Motor, nos modelos topo de linha.
A comercialização do Nissan Kicks foi iniciada mundialmente no Brasil, seguindo depois para outros mercados da América Latina, com previsão de lançamento em mais de 80 países. Com inúmeros prêmios, e vitórias em comparativos das principais publicações especializadas, o Nissan Kicks já é um sucesso de vendas no país e na região.

Entre os reconhecimentos, destaque para “SUV do ano 2017”, concedido pela Federação Interamericana de Jornalistas Automotivos/FIPA, “Melhor Crossover da América Latina, pela Americar, “Melhor SUV Compacto”, da L´Auto Preferita (Brasil), “Melhor SUV Importado”, concedido pela Top Car TV (Brasil), “O Melhor” e “O Melhor SUV do ano”, estes dois últimos pela Car and Driver do Brasil.

Fonte: http://nissannews.com/pt/nissan/brasil/releases/complexo-industrial-da-nissan-em-resende-entra-na-reta-final-das-contrata-es-para-o-segundo-turno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui